30 de setembro de 2010

Dia das Crianças - brincadeiras e jogos ecológicos


Que tal uma atividade diferente para o dia das crianças? Realize uma ação ecológica! As sugestões abaixo foram adaptadas ou criadas por mim, use à vontade!
DR. RECICLE (por Lili)
Materiais: uma caixa de papelão bem grande, papel Kraft para encapar ou tinta para papel e pincel para colorir a caixa, cola branca, estilete, bolas de papel, fita adesiva, fichas de 10 recicles ou outra moeda criada pela turma. Pode-se aproveitar a oportunidade, dependendo do nível da turma, para ensinar números negativos.
Desenvolvimento: Forrar uma caixa e fazer nela quatro buracos, estabelecendo valores para cada um de 10, 10, 30 e 50. Cada jogador recebe quatros bolas de papel e só joga uma rodada e recebe um crédito de 100 recicles. Cada abertura na caixa vale uma quantia de recilces e cada vez que o aluno acertar um buraco, este terá descontos na sua quantidade de recicles. Cada aluno terá direito a jogar 3 bolas. Vá acompanhando e anotando com a turma os pontos de cada aluno. O que ficar com mais pontos é o Dr. Recicle do dia.
DOMINÓ DE CAIXA DE FÓSFOROS (por Lili)
Materiais: 14 caixas de fósforos pequenas, grandes ou de tetrapak (depende do nível escolar), 14 peças de um retângulo de cartolina medindo 10 x 20 cm., figuras de revistas velhas, cola branca, contact ou durex largo para proteger.
Desenvolvimento: Encape as caixas (somente na parte do invólucro com papel sulfite, recorte os retângulos de cartolina e monte as peças na composição abaixo. O jogo funciona como um jogo normal de dominó, porém com uma figura e algum dado sobre ela, como no exemplo abaixo onde as figuras já estão na ordem de jogada. Inicia-se o jogo com a peça com dados iguais. Ex. 5 anos x 5 anos. O restante das peças apresentarão a esquerda o dado  de uma peça e a direita uma figura.
5 anos x filtro de cigarro              
5 anos x 5 anos                 
5 anos x tecido
6 meses a um ano x papel
3 a 6 meses x vidro
1 milhão de anos x lata                     
Mais de 100 anos x plástico                    
400 anos  x tetrapak
Tetrapak x madeira pintada                                                
+ de 10 anos x corda de nylon
+ de 30 anos x pneus
Tempo indeterminado x chicletes
 + de 10 anos x papelão
 2 meses x 5 anos 
ACUDINDO OS OVINHOS
Materiais: uma garrafa pet, jornal, fita adesiva, durex colorido (ferro de passar).
Desenvolvimento: Cortar a garrafa pet como um funil retirando boa parte do rótulo (aproximadamente 20 cm) na boca do funil colocar durex colorido ou fazer acabamento com o ferro de passar. A regra do jogo é acudir os ovinhos dos passarinhos que caem dos ninhos sem usar as mãos, somente o funil. Usar outras posições e partes do corpo, exemplo, com o funil entre os dedos do pé, com a boca etc. 
MONTANDO UMA SUCATARIA 
Sucataria: local onde se guarda e/ou se constrói brinquedos de sucata.
Realizar uma coleta de materiais recicláveis e reutilizáveis para montar uma sucataria. Vale tudo desde restinhos de lã, caixa de ovos, pet, tetrapak, latas (retangular, redonda, quadrada etc.), tampas plásticas e de lata (Nescau, leite etc.) de vários tamanhos, bandejas de isopor, caixas de papelão, jornais, até mesmo utensílios de cozinha que não se usam mais (colher de pau, bacias, canecas etc.).
PESCARIA (por Lili)
Materiais: Uma bacia de plástico grande, anil, 20 peixinhos de garrafa pet com uma argolinha na boca, 6 varas com ganchinho de arame na ponta (um metro) para pescar. Não se esqueça de revelar a importância da água limpa para os peixes, o respeito aos períodos de piracema, de informar que a baleia é o maior mamífero do mundo e etc.
Desenvolvimento: Um grupo de seis alunos começa a pescaria. Em cada peixe tem uma mensagem que eles devem entender previamente e que deve ser seguida rigorosamente. Quando o aluno não sabe deve passar a vez para outro colega.
1º peixe: Pesque mais uma vez;
2º peixe: Perdeu a vez, estamos na época da piracema;
3º peixe: Responda como se chama a pele dos peixes?
4º peixe: Como se chamam os ossos do peixe?
5º peixe: Explique aos colegas porque os peixes morrem fora da água.
6º peixe: Qual é o maior mamífero que vive no planeta Terra?
7º peixe: Alguns peixes comem plantas. Certo ou errado?
8º peixe: Peixes gostam de água poluída. Certo ou errado.
9º peixe: De onde nascem os peixes?
10º peixe: Como se chama a família dos peixes.
E assim sucessivamente de acordo com o nível de escolaridade da turma.
JOGO DA MEMÓRIA (por Lili)
Materiais: tampas plásticas ou de lata com superfície lisa para aderir , cola, revistas velhas, frases, canetinhas coloridas, cartolina, lápis e borracha.
Desenvolvimento: Construir com os alunos duas tampas plásticas de Nescau ou leite em pó, ou similar, iguais para cada figura ou figura e frase. Pode-se usar desenhos e frases. O jogo consiste em encontrar os pares.
LIXEIRINHA DE TETRAPAK
Materiais: 1 caixa de leite, um pedaço de tecido para encapar, figuras de papel, pano ou Eva, cola branca ou quente, etiquetas ou retângulo em Eva para o nome.
Desenvolvimento: Cortar a borda superior na primeira dobra da caixa tetrapak “lavada”, encapar com papel, pano ou Eva. Decorar com motivos alusivos à natureza. Passar uma demão de cola branca para impermeabilizar e dar um toque de verniz. Colocar uma etiqueta com o nome do aluno.
TREINANDO A MUSICALIDADE – CHOCALHO
Materiais: duas latas de refrigerante ou cerveja, sementes de feijão, milho, arroz ou pedrinhas, fita adesiva. Pode enfeitar com figuras.
Desenvolvimento: encha uma das latas com as sementes  ou pedrinhas e vede os buracos. Cada semente produz um som diferente.
FLAUTA DE PAPELÃO
Materiais: um tubo (miolo) do papel toalha, alumínio ou PVC, um pedaço de papel vegetal, elástico ou fita adesiva.
Desenvolvimento: Fure o tubo com lápis ou recorte os furos. Prenda o pedaço de papel vegetal em uma das extremidades com elástico ou fita adesiva. Toque a flauta soprando pelo lado que ficou aberto e fechando e abrindo os furos com os dedos.
PORTA TRECOS
Materiais: uma garrafa pet (coca) 2 l., estilete, tesoura, cola colorida, dupla face e retalhos de Eva.
Desenvolvimento: cortar a garrafa na altura abaixo do rótulo. Abrir gomos de dois em dois até a curva inferior da garrafa. Terão que ter a mesma medida, do contrário o porta trecos não fecha. Fazer a aba e enfeitar a gosto. Serve para guardar alfabeto, giz de cera etc.
ARTE DE CRIANÇA
Materiais: Sulfite branco, giz de cera, cola colorida e outros que julgar conveniente.
Desenvolvimento: Fazer uma prévia com os alunos sobre que medidas podemos tomar para preservar a natureza, manifestação de amor ou apoio à Terra. Faça uma exposição na escola e convide os pais para ver. 
CAÇA AO TESOURO DE NATURINO
Materiais: papel, canetinhas, fita colorida, sementes de flores, de milho e de feijão (a gosto) e sacos de papel.
Desenvolvimento: Coloque um pouco de semente em alguns saquinhos de papel. Distribua pelo pátio em lugares estratégicos. Faça algumas pistas que tenham conexão umas com as outras e aguarde. Atribua pontos para cada saquinho (recicles). Quando os alunos retornarem, plantar os feijões em algodão com água ou as flores nos potes feitos com pet.
Iniciar a atividade contando a história de Naturino, o velhinho que plantava flores, verduras, legumes e frutos. Suas sementes eram seu verdadeiro e único TESOURO para salvar a humanidade da fome. Um dia, cansado de tanto semear Naturino deu um cochilo na sombra de uma árvore e alguns animais levaram suas sementes embora. Ele era muito preocupado com o planeta, pois sabia que a maioria dos homens só colhia e nunca plantava. Pensou: - Desse jeito vão acabar as frutas, verduras, legumes e flores da Terra. Vamos ajudar Naturino a encontrar o tesouro!
DERRUBA LATAS
Materiais: 15 latas de refrigerante, jornal, fita crepe.
Desenvolvimento: Fazer 3 bolas de jornal idênticas e fixar com fita crepe ou uma meia. Montar, em uma mureta ou mesinha de sala, uma pilha com 5 latas na base até terminar com uma em cima. Os alunos deverão jogar e tentar derrubar todas. Quem conseguir ganha moedas (...) para jogar.
ESTAFETAS DE BASTÕES E LATAS
Materiais: quatro bastões feitos de cabo de vassoura, duas latas de achocolatado. Desenvolvimento: Os alunos formarão duas filas com números iguais de integrantes, se sobrar um colocar de juiz ou ajudante. O primeiro de cada fila sai com um bastão em cada mão empurrando a lata que está no chão, que será levada passando por um ponto predeterminado. Após ter ido e voltado, entrega ao segundo da fila, continuando o jogo até que todos tenham participado a coluna que terminar primeiro vence. Pode-se atribuir pontos por meio das moedas recicles.
 ESTAFETAS DE ENCHER LATAS
Materiais: 2 latas de ervilha boca lisa, balde grande com água usada e duas garrafas pet idênticas com o gargalo cortado (como copos grandes).
Desenvolvimento: O professor colocará em cada uma das extremidades do espaço (mesa) uma pet vazia, uma para cada equipe.  No meio do espaço, colocará um balde contendo água. Os participantes estarão divididos em duas colunas e o primeiro correrá até o balde e encherá a sua latinha, sem desperdiçar a água, se deslocando  até a pet da sua turma que estará vazia. O aluno deverá despejar a água com apenas uma das mãos (se errar voltará ao começo). Feito isso, voltará para sua coluna e passará para seu colega, o segundo da fila, e esse partirá repetindo as atitudes do anterior. Vencerá a equipe que terminar primeiro e que não desperdiçar água. Concluir a atividade com os alunos usando a água para regar as plantas.
 LATA BARULHENTA
Materiais: 3 cadeiras para servir de baliza e 2 latas de achocolatado.
Desenvolvimento: A uma distância de 10 metros da linha de saída colocam-se três cadeiras, uma distante da outra.
Ao sinal do professor, a primeira criança da fila sai chutando a lata, passando-a por trás da primeira cadeira, por baixo da segunda cadeira e dá uma volta na terceira cadeira, voltando pelo mesmo percurso até a linha de saída, conduzindo a lata e entregando-a ao amigo da fila. A fila que fizer em menos tempo é a vencedora.
 PÉ DE LATA (OU DE CAVALO)
Materiais: 2 latas de achocolatado, um preguinho, martelo, barbante.
Desenvolvimento: A professora fará dois furos no fundo de duas latas de tamanhos iguais e prenderá o barbante, de modo que dê altura com relação aos braços da criança. O aluno terá que se equilibrar sobre as latas e cumprir um percurso.
ACERTE AS TAMPINHAS NAS LATAS DA MESMA COR
Materiais: latas de mesmo tamanho sem tampas, tampas de refrigerante pet e papel nas cores primárias para encapar latas e tampas de refrigerantes.
Desenvolvimento: Arrumam-se as latas no chão com pelo menos um palmo de distância entre elas. Faz-se uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante terá várias tampinhas para fazer tentativas. Vence quem acertar mais tampinhas dentro das latas da mesma cor das tampinhas.
MOSAICO DE REVISTA
Materiais: revistas, cola branca, sulfite, pincel médio, revistas velhas.
Desenvolvimento:  Trabalhar com temas da natureza: mar com peixinhos, frutas, árvores, bichinhos etc. Utilizar revistas que possuem cores vivas, das quais deverão ser rasgados pedaços coloridos. Passar cola em pequenas áreas da peça e deitar sobre ela os pedaços de papéis rasgados. Tomar cuidado para o papel não enrugar. Ele deve ser alisado  à medida que for colando. Deixe secar bem e dê uma demão de cola branca em toda a peça.
BONECA DE LATA
Materiais: música e microsystem, lata de atum (redonda), lata de Nescau ou leite em pó, barbante e restos de lã.
Desenvolvimento: Primeiro criar uma coreografia para a música, fazendo os movimentos pedidos. Incentivar as crianças a construírem sua própria boneca.
VIOLETAS PARA TODOS
Materiais: folhas de violetas, potes de margarina ou geleia, terra fresca e areia, folhas de violeta, recipiente de vidro ou plástico transparente, água.
Desenvolvimento: Retirar as folhas mais velhas de uma violeta, colocar num copinho com água (deixar a folha de fora) até brotarem raízes, em um local que receba o calor, mas não o sol diretamente. Quando brotar, deve-se pega o pote de margarina e fazer alguns furos para escoar o excesso de água. Colocar algumas pedrinhas no fundo e, em seguida, a terra misturada com areia. Fazer com o dedo um furo no centro e colocar a folha da violeta com raiz. Bater levemente o fundo do pote numa superfície para esparramar a terra sem apertar a folha.

Envie os melhores trabalhinhos de seus alunos escaneados, pelo e-mail (liliconsultoria@gmail.com). Eles serão publicados no blog da Lili: http://insightspedagogicos.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre em contato conosco

*
*
*
*
*
contact form faq verification image

Email forms generated by 123ContactForm